Geral 24/03/2020 - 16:54 - Vitória Soares – Governo do Tocantins

32 unidades prisionais do Tocantins destinaram celas para fazer isolamento de novos presos durante período de pandemia

Celas de isolamento são higienizadas antes da chegada dos custodiados. Celas de isolamento são higienizadas antes da chegada dos custodiados. - Seciju/ Divulgação

Com intuito impedir a propagação do novo coronavírus e preservar a saúde de pessoas privadas de liberdade, o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), está tomando diversas medidas de prevenção. As ações de enfretamento vão desde a suspensão de visitas nas unidades prisionais e socioeducativas, até a alteração de procedimentos de rotina para a entrada de novos presos nas unidades prisionais.  

Entre as ações de proteção à saúde dos custodiados pelo Estado, está a destinação de celas para isolamento de novos presos em 32 unidades prisionais do Tocantins, das 38 existentes. De acordo com o Superintendente de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional, Orleanes de Sousa, as medidas prevenção serão tomadas logo na entrada.

“As celas de isolamento já estão higienizadas para o recebimento de novos presos. Ao chegar, serão realizadas perguntas básicas para verificar a presença de possíveis problemas de saúde ou se teve contato com pessoas contaminadas pelo Covid-19, caso a resposta seja afirmativa a pessoa será encaminhada para consulta médica. Se as respostas forem negativas, o preso será encaminhado a cela de isolamento para a segurança dos demais custodiados”, afirmou o superintendente.

O médico Osvaldo Neto, que atua na Seciju, explica que as medidas são necessárias para a proteção de servidores e das pessoas privadas de liberdade que já estão nas unidades. “O isolamento é necessário, pois não sabemos se os novos presos que vão adentrar nas unidades tiveram contato com alguma pessoa infectada ou caso suspeito, por isso podem ser enquadrados como possíveis infectados. O recomendado é que esse isolamento seja de 14 dias”, ressaltou.

Outro fato evidenciado pelo médico está relacionado aos protocolos que devem ser realizados para a prevenção da difusão do Covid-19 nas unidades prisionais. “Medidas de higiene como lavar as mãos, associada ao isolamento dos novos presos, hoje são as formas mais eficazes de combate do coronavírus”, destacou Osvaldo.

Unidades aptas para o recebimento de novos presos

Confira a lista de unidades prisionais do Tocantins que possuem cela de isolamento e estão aptas a receberem novos presos:

  • Cadeia Pública de Ananás
  • Cadeia Pública de Araguacema
  • Casa de Prisão Provisória de Araguaína
  • Cadeia Pública de Araguatins
  • Cadeia Pública de Arapoema
  • Cadeia Pública de Arraias
  • Cadeia Pública de Augustinópolis
  • Unidade Prisional Feminina de Babaçulância
  • Cadeia Pública de Barrolândia
  • Cadeia Pública de Bernado Sayão
  • Cadeia Pública de Colinas
  • Cadeia Pública de Colmeia
  • Casa de Prisão Provisória de Dianópolis
  • Cadeia Pública de Formoso
  • Casa de Prisão Provisória de Guaraí
  • Casa de Prisão Provisória de Gurupi
  • Unidade Prisional Feminina de Lajeado
  • Cadeia Pública de Miracema
  • Cadeia Pública de Miranorte
  • Cadeia Pública de Natividade
  • Unidade Prisional Feminina de Palmas
  • Casa de Prisão Provisória de Paraíso
  • Cadeia Pública Paranã
  • Unidade Prisional Feminina de Pedro Afonso
  • Cadeia Pública de Peixe
  • Cadeia Pública de Pium
  • Casa de Prisão Provisória de Porto Nacional
  • Cadeia Pública de Taguatinga
  • Unidade Prisional Feminina de Talismã
  • Cadeia Pública de Tocantinópolis
  • Cadeia Pública de Xambioá
  • Núcleo de Custódia e Casa de Prisão Provisória de Palmas

Unidades que não receberão novos custodiados

Cinco unidades prisionais do Tocantins não receberão novos presos durante o período pandemia, os presos dessas regiões serão encaminhados para unidades próximas, fato já informado via ofício para a Secretaria de Segurança Pública.

Confira quais unidades não receberão presos e para onde os novos custodiados devem ser encaminhados:

  • Cadeia Pública de Araguaçu: o preso deve ser apresentando na Cadeia Pública Formoso de Araguaia.
  • Cadeia Pública de Palmeirópolis: o preso deve ser apresentado na Cadeia Pública de Paranã.
  • Cadeia Pública de Cristalândia: o preso deve ser apresentado na Cadeia Pública de Pium.
  • Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota (Regime Fechado): o preso deve ser apresentado na Casa de Prisão Provisória de Araguaína.
  • Centro de Reeducação Social Luz do Amanhã (Regime Fechado): o preso deve ser apresentado na Casa de Prisão Provisória de Gurupi.

 

(Com supervisão da jornalista Shara Rezende)

 

 

 

 

 

 

Compartilhe esta notícia