Geral 07/09/2019 - 15:19 - Marcos Miranda/Governo do Tocantins

Agentes de Execução Penal participaram de desfiles em alusão à Independência do Brasil em Colméia

Os dez servidores participaram do desfile com duas viaturas Os dez servidores participaram do desfile com duas viaturas - Divulgação/Seciju
O evento atraiu por volta de 2.500 pessoas O evento atraiu por volta de 2.500 pessoas - Divulgação/Seciju

“Já raiou a liberdade, no horizonte do Brasil”, como notamos nos versos de Evaristo da Veiga, musicados pelo próprio Dom Pedro I, o desejo de um povo se fez realidade. Na manhã deste sábado, 07 de setembro, dez agentes de execução penal do Sistema Penitenciário e Prisional do Tocantins (Sispen/TO), participaram do desfile cívico em alusão à Independência do Brasil, que aconteceu na avenida Longuinho Vieira Junior, no município de Colméia. O evento contou com a presença de agentes das unidades da Casa de Prisão Provisória (CPP) de Guaraí e da Cadeia Pública (CP) de Colméia, que desfilaram em duas viaturas. Segundo os diretores das unidades, por volta de 2.500 pessoas assistiram o desfile.

A idealização da participação no evento, que já faz parte do calendário do município, foi do Diretor da Unidade de Colméia, Fernando Nicanor, que estendeu o convite ao diretor da CPP de Guaraí, na intenção de dar visibilidade aos serviços que são prestados. “Foi a primeira participação do Sispen/TO com os agentes de execução penal, em um desfile cívico aqui no município, e mostramos para a sociedade a existência de uma corporação que não é vista. Foi empolgante ver as crianças e adultos prestigiando este momento tirando fotos, e parabenizando. Sinto que estamos mudando o pensamento da população em relação a classe”, disse Fernando.

O diretor da CPP de Guaraí que levou 3 agentes de sua unidade, falou da satisfação pelo convite, da parceria que existe entre as unidades e de como a população ficou satisfeita com a presença das equipes no ato cívico. “A participação nesse momento cívico foi ímpar de forma a demonstrar para sociedade que o Sistema Penitenciário é um dos pilares dos sistemas de segurança, em que a nossa participação foi muito aplaudida pela sociedade, principalmente entres as crianças que faziam fila para tirar fotos com os agentes”, concluiu.

Compartilhe esta notícia