Geral 09/08/2019 - 19:44 - Shara Rezende/ Governo do Tocantins

Agentes de execução penal flagraram dois homens arremessando celulares para dentro da carceragem da CPP de Paraíso

Aparelhos apreendidos durante o flagrante Aparelhos apreendidos durante o flagrante - Seciju/ Governo do Tocantins

Agentes de execução penal da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) flagraram nesta sexta-feira, 9, por volta das 14 horas, dois homens envolvidos na tentativa arremessar celulares, chips, carregadores e substância análoga a maconha para a carceragem da Casa de Prisão Provisória de Paraíso. 

O agente de execução penal, que faz a segurança da unidade a partir da guarita, viu um homem em cima do muro arremessando um pacote para o teto da carceragem, após isso acionou outros agentes que imediatamente saíram em diligência para a captura do autor. 

Durante a busca, uma das equipes localizou um homem escondido em um terreno baldio, ao se aproximar e dar voz de prisão perceberam que eram dois homens envolvidos na ação, identificados como Reginaldo Araújo Rodrigues, reeducando do regime semiaberto; e Rosalino Souza de Paula, irmão de um reeducando também do regime semiaberto. 

Com eles foram encontrados um segundo pacote, semelhante ao arremessado no telhado da unidade, contendo dois celulares, algumas porções de substância análoga a maconha, carregadores de celular e chips de celular. Após a captura, os indivíduos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia da cidade de Paraíso do Tocantins e apresentados à autoridade policial para procedimentos cabíveis.  

 *Tentativas*

Segundo do diretor da CPP de Paraíso, Lucas Estevão dos Santos Pereira, o uso de equipamentos que auxiliam as revistas, como os scanners corporais, impedem que os visitantes dos reeducandos adentrem a unidade com objetos ilícitos. Diante disso, os visitantes e as pessoas privadas de liberdade estão buscando novas formas para que esses objetos cheguem até a carceragem. 

“Hoje vivenciamos uma das novas formas de entrar objetos ilícitos a carceragem e devido ao trabalho bem realizado pela equipe de plantão obtivemos êxito na captura dos meliantes e, mais uma vez, vencemos mais uma batalha contra o crime organizado”, ressaltou o diretor da CPP de Paraíso.

Compartilhe esta notícia