Geral 17/05/2019 - 17:00 - Willian Borges/Governo do Tocantins

Cidadania e Justiça trabalha para construir Procedimento Operacional Padrão para o Sistema Socieducativo

USL Feminina e construção do POP (01).jpeg USL Feminina e construção do POP (01).jpeg - Divulgação Seciju

Servidores do Sistema Socioeducativo da Secretaria de Estado de Cidadania e Justiça (Seciju) estão empenhados em construir de forma colaborativa os Planos Operacionais Padrões (POP’s) dos Centros de Internação Provisória (Ceip’s), das Unidades de Semiliberdade (USL) e do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case). Os planos irão abarcar todas as necessidades no que tange a segurança; preservação do patrimônio; cuidado com a integridade física, moral e psicológica dos adolescentes; bem como dos servidores, visitantes e familiares que estiverem nas unidades.

O presidente da Comissão de Criação dos Planos Operacionais Padrões (POPs), Lucas Barbosa, explicou que cada unidade socioeducativa deve elaborar o seu plano e falou ainda que as orientações para construção estão na Portaria Seciju/TO Nº 163. “Cada unidade tem suas particularidades em relação ao tipo de adolescente que atende é exatamente por isso que decidimos construir um POP para cada uma dessas unidades, assim esperamos atender da melhor forma possível as necessidades de cada local com o intuito de dar mais efetividade ao atendimento socioeducativo.”.

Outra medida tomada, pela Secretaria para garantir que os planos fossem construídos da forma mais democrática possível e de maneira a conhecer as peculiaridades e as necessidades de cada local, foi a indicação de dois representantes de cada unidade para compor a Comissão e também a inclusão de um representante da Associação dos Servidores do Sistema Socioeducativo do Tocantins (Assoeto).

O presidente da Assoeto, Claudemir Nilto Prevital, agradeceu o convite para representar os interesses dos servidores que trabalham no Sistema Socioeducativo na elaboração do plano. “Ficamos felizes em participar da Comissão de revisão do Plano de Segurança e de construção dos POP’s, pois estes são indispensáveis para obtermos uma segurança satisfatória nas Unidades Socioeducativas. A Assoeto já havia sugerido a revisão, então essa iniciativa da Seciju vem ao encontro dos anseios da categoria”, disse.

A previsão da comissão é que no máximo ao final do mês de junho de 2019 todos os POP’s de todas as unidades socioeducativas do Estado sejam concluídos.

 

Compartilhe esta notícia