Geral 20/12/2019 - 12:02 - Erlene Miranda/Governo do Tocantins

Centro de Atendimento Socioeducativo de Palmas revitaliza blocos com apoio voluntário de adolescentes

Os jovens fazem as atividades voluntárias com auxílio de um servidor da unidade. Os jovens fazem as atividades voluntárias com auxílio de um servidor da unidade. - Divulgação Seciju

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), através da Superintendência de Administração do Sistema de Proteção dos Direitos da Criança e do Adolescente, busca a promoção de atividades de ressocialização aos socioeducandos em cumprimento de medida socioeducativa. O Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Palmas, está revitalizando dois blocos da unidade com o auxílio voluntário de adolescentes, um servidor da unidade e por uma instituição religiosa.

O Chefe do Case, Giovani Jonas de Brito, explica que foi detectada a necessidade de fazer a revitalização da pintura de dois blocos da unidade. A gestão então solicitou apoio ao pastor responsável pela igreja que presta assistência religiosa na unidade. A instituição prontamente atendeu a demanda, e doaram materiais para que a pintura fosse realizada.

Giovani explica que um servidor da unidade, que é cooperador da manutenção do local, é o responsável pela escolha dos jovens que auxiliam nas tarefas. “Os servidores, principalmente esse colaborador da manutenção, escolhe dentre os adolescentes de boa convivência, dedicação e respeito, aqueles que manifestam vontade de ajudar no trabalho de recuperação dos alojamentos”, conta. As atividades são voluntárias, e participam apenas os adolescentes que tiverem interesse. Não há horários fixos, nem remuneração para as tarefas realizadas.

Segundo o chefe da unidade, essa atividade promove a ressocialização dos jovens, e a melhora do ambiente físico da unidade. “Acreditamos que o trabalho desenvolvido pelo servidor, junto com os adolescentes, fortalece a relação agente e socioeducando, auxiliando de forma determinante no processo de recuperação de cada adolescente envolvido na atividade, ” afirma.

O adolescente M. S. S. ,16 anos, é um dos jovens que auxilia na pintura. Ele relata que já ajudou seu tio e um amigo em atividades semelhantes, e que tem se sentido valorizado realizando essa tarefa.  “Me sinto útil, saio do alojamento e percebo que sou privilegiado por ajudar com essas tarefas. Vejo que o ambiente fica melhor e ajuda no cumprimento da medida”, disse.

Auxílio religioso e doações

A instituição religiosa, Igreja Universal do Reino de Deus, presta de maneira voluntária a assistência religiosa no Case. Um dos projetos desenvolvidos pela igreja é o “Universal SocioEducativo”, que é realizado na unidade. O pastor responsável pela ação, Elivelton Azevedo dos Reis, explica que o projeto promove eventos como atividades com futebol, artesanatos, músicas, assistência as famílias dos internos e estudos bíblicos.

Quanto as doações dos materiais para pintura, o pastor conta que a igreja decidiu rapidamente auxiliar no processo de revitalização dos blocos. “Somos parceiros da unidade e nos dispomos a ajudar com as tintas para pintar os alojamentos. A importância desse auxílio é grande e uma ação como essa melhora o ambiente e promove o bom convívio entre os adolescentes”, ressalta.

Resultado das atividades

O chefe da unidade esclarece que as atividades realizadas estão dando resultados expressivos para os jovens. “Podemos dizer, sem sombra de dúvidas que através do envolvimento dos adolescentes em trabalhos ou atividades diárias em nossa unidade temos percebido um ganho significativo no tocante à melhoria do comportamento e respeito aos servidores por parte dos adolescentes”, explica.

Giovani informa ainda que o bloco B já teve a revitalização concluída, e que a expectativa é de que até o início de janeiro a pintura do bloco A também seja finalizada.

 

Compartilhe esta notícia