Geral 08/11/2019 - 13:30 - *Vitória Soares – Governo do Tocantins

Nova plataforma educacional facilita acesso de servidores em cursos da Escola Superior de Gestão Penitenciária e Prisional

Plataforma está disponível para servidores dos Sistemas Penitenciário e Prisional Plataforma está disponível para servidores dos Sistemas Penitenciário e Prisional - Pedro Ícaro/ Governo do Tocantins

Com intuito de facilitar o desempenho das atividades realizadas no Sistema Penitenciário e Prisional do Tocantins (Sispen/TO), o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), disponibilizou nesta quinta-feira, 07, a plataforma educacional online Moodle. A nova ferramenta é ofertada para os servidores do Sispen através da Escola Superior de Gestão Penitenciária e Prisional (Esgepen).

Entre as facilidades proporcionadas pela plataforma, está à possibilidade de inscrição em capacitações realizadas pela escola, a obtenção de certificados, o acesso a materiais pedagógicos, além da participação em cursos na modalidade à distância. Ela está em fase inicial de utilização, para cadastro dos servidores e atualização dos dados cadastrais de cada servidor.

O Agente de Execução Penal e responsável técnico pela área de informática e tecnologia da Esgepen, Felipe Reis, explica que a iniciativa partiu da necessidade de obter um maior controle nas atividades executadas pela escola. “A plataforma moodle já é consolidada e utilizada por várias instituições de ensino, dentro disso, pensando em melhor atender as demandas da escola, como alcançar um maior controle nas inscrições de cursos, entramos em contato com a Agência de Tecnologia da Informação do Governo do Tocantins e adaptamos a plataforma para as especificidades do Sispen”, relata.

Mais inclusão

De acordo com Felipe, a partir da disponibilização da nova ferramenta, os servidores que atuam em unidades prisionais em regiões operacionais mais distantes da capital terão acesso mais facilitado às ações propostas pela Esgepen. “Através do moodle teremos maior alcance nas regiões operacionais e os agentes poderão realizar cursos administrativos à distância, além de acessar tutoriais sobre os sistemas utilizados nas unidades, como o Hades e o SGD”, ressaltou o agente.

Primeiro acesso

O acesso à nova plataforma deve ser realizado por meio do site da Escola Superior de Gestão Penitenciária e Prisional (Esgepen), nele, está disponível o botão referente ao Moodle. No espaço de acesso ao usuário o servidor deverá colocar o número do CPF e a senha “Esgepen2019”, após entrada, a senha deve ser alterada e as informações cadastrais atualizadas.

Para mais informações acesse o vídeo explicativo disponibilizado pela escola.

*Estagiária sob supervisão da jornalista Jaqueline Moraes 

Compartilhe esta notícia