Geral 07/04/2018 - 17:21 - Tom Lima - Governo do Tocantins

Operação Monitorados II de vistoria de tornozeleiras é realizada em Gurupi

Operação, que visa identificar e atestar a funcionalidade de tornozeleiras eletrônicos em uso por reeducandos. Operação, que visa identificar e atestar a funcionalidade de tornozeleiras eletrônicos em uso por reeducandos. - Sispen - Divulgação
Operação, que visa identificar e atestar a funcionalidade de tornozeleiras eletrônicos em uso por reeducandos. Operação, que visa identificar e atestar a funcionalidade de tornozeleiras eletrônicos em uso por reeducandos. - Sispen - Divulgação

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), por meio da Superintendência do Sistema Penitenciário (Sispen), concluiu nesta sexta-feira, 06, a Operação Monitorados II, que teve início no dia 05 em Gurupi, sul do estado. No município, foram monitorados e verificados 109 equipamentos em utilização.

“A operação, que visa identificar e atestar a funcionalidade de tornozeleiras eletrônicos em uso por reeducandos em todo o estado faz parte da Força Tarefa de Segurança Pública do Tocantins, que envolve a Seciju, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e a Polícia Militar (PM)”, explica o superintendente do Sistema, Hélio Marques.

O objetivo da operação Monitorados II é a verificação do monitorado, do equipamento e passar orientações gerais quanto ao cumprimento de mandados de prisões em conjunto com a PM.

Na ocasião, foram cumpridos dois mandados de prisões, recuperadas cinco tornozeleiras, um arma de fogo aprendida e um arma branca artesanal. Atualmente, em todo o estado, 453 reeducandos, entre provisórios e do regime semi-aberto, estão sendo monitorados por tornozeleiras eletrônicas.

 

Compartilhe esta notícia