Geral 17/05/2017 - 17:02 - Ascom/Cidadania e Justiça

Socioeducar integra ações variadas no Centro de Atendimento Socioeducativo

A diretora da Escola Mundo Sócio do Saber, Valdelisce Ramos de Araújo, enfatizou as melhorias no aprendizado dos adolescentes. A diretora da Escola Mundo Sócio do Saber, Valdelisce Ramos de Araújo, enfatizou as melhorias no aprendizado dos adolescentes. - Lauane dos Santos/Governo do Tocantins
Secretária Gleidy Braga agradece aos representes das entidades pela integração às atividades do Socioeducar. Secretária Gleidy Braga agradece aos representes das entidades pela integração às atividades do Socioeducar. - Lauane dos Santos/Governo do Tocantins
Adolescentes receberam certificação de curso promovido pelo Senai. Adolescentes receberam certificação de curso promovido pelo Senai. - Lauane dos Santos/Governo do Tocantins
O secretário de Desenvolvimento Rural de Palmas, Roberto Jorge Sahium, ressaltou a importância do projeto para o Case. O secretário de Desenvolvimento Rural de Palmas, Roberto Jorge Sahium, ressaltou a importância do projeto para o Case. - Lauane dos Santos/Governo do Tocantins

O Centro de Atendimento Socioeducativo de Palmas (Case) passa por mudanças significativas desde a implantação do projeto Socioeducar: Unidos Para Vencer, que versa sobre um atendimento humanizado aos adolescentes que cumprem medida na unidade. Além de reformas na estrutura do local, a Secretaria de Estado de Cidadania e Justiça (Seciju), juntamente com a Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE–TO) e demais entidades governamentais e não governamentais, realizam, no dia-a-dia do Centro, cursos de qualificação e atividades de recreação, como aulas de música, informática, serigrafia, oficinas de fabricação de chocolate, o manejo de hortaliçase o desenvolvimento da espiritualidade dos adolescentes, entre outras atividades.

Como complementação das ações e com o objetivo de desenvolver as habilidades dos internos na produção de audiovisual dentro da unidade, por meio da conscientização e a interação entre os socioeducandos, ocorreu, nesta terça-feira, 16, o lançamento do “Cine Arte”, cumprindo mais uma meta do projeto Socioeducar. Durante o evento, os adolescentes assistiram ao filme “O Aluno: uma lição de vida”, de Justin Chadwick, que conta a história da jornada de um idoso africano rumo à alfabetização. Após a exibição do longa-metragem, os socioeducandos participaram de um debate acerca do tema.

André Araújo, diretor de comunicação da DPE-TO e gerente do “Cine Arte”, ressaltou que a ação foi feita não só para oportunizar o entretenimento, mas também a reflexão. “A ideia é que vocês produzam os seus próprios roteiros e filmes, pois o cinema é uma forma poderosa de se contar história e ter transformação”, explicou o diretor.

Na ocasião, a secretária de Cidadania e Justiça, Gleidy Braga, agradeceu aos representes das entidades participantes pela integração às atividades do projeto Socioeducar. “Há um ano, estamos trabalhando com mais eficiência na gerência do Sistema Socioeducativo devido à integração dos órgãos governamentais e não governamentais para a garantia da aplicação de medidas eficazes. Essa união tem trazido resultados significativos”, afirma.

A defensora pública e idealizadora do Socioeducar, Maria do Carmo Cota, relembrou as mudanças ocorridas no Case ao longo da implantação do projeto na unidade. “É muito bom ver esse projeto sendo realizado, ver a transformação desses meninos e acompanhar a recuperação de cada um”, ressaltou. Maria do Carmo também enfatizou que, no futuro, os adolescentes irão ajudar os colegas deles dizendo que passaram pela unidade e que não pretendem retornar mais.

Durante o evento, alguns adolescentes receberam certificação do curso de operador de computador oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). O curso teve carga horária de 160 horas e foi realizado no laboratório de informática da Escola Estadual Mundo Sócio do Saber, localizada no Case.

Projeto

O projeto Socioeducar: Unidos para Vencer objetiva efetivar o processo de socioeducação dos adolescentes que cumprem medidas no Case e no Centro de Internação Provisória de Palmas (Ceip), e conta com o apoio da Seciju, DPE-TO, Secretaria de Desenvolvimento Rural de Palmas, Polícia Militar (PM), Serviço Social do Comércio no Tocantins (Sesc), Serviço Nacional da Aprendizagem Comercial (Senac), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Ministério Público Estadual e Centro Apostólico Manancial e demais entidades.

Compartilhe esta notícia