Geral 07/11/2017 - 16:47 - Ascom Cidadania e Justiça - Governo do Tocantins

Provas do Enem PPL 2017 reunirão 266 presos de 29 unidades no Tocantins

As provas, assim como para os inscritos nos Sistema Socieoducativo, serão realizadas nos dias 12 e 13 dezembro . As provas, assim como para os inscritos nos Sistema Socieoducativo, serão realizadas nos dias 12 e 13 dezembro . - Nara Moura - Governo do Tocantins

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL 2017) no Tocantins envolverão um total de 266 detentos inscritos em 29 unidades prisionais. As provas, assim como para os inscritos nos Sistema Socieoducativo, serão realizadas nos dias 12 e 13 dezembro nas unidades prisionais pelos órgãos competentes. Em 2016, os exames envolveram 350 detentos.

Pelo processo seletivo, o profissional pedagógico de cada unidade prisional vai poder acessar os resultados obtidos pelos participantes e pleitear sua participação no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e em outros programas de acesso à Educação Superior. Assim como o Enem Nacional, as provas para presos adultos que cumprem medidas socioeducativas são elaboradas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Enem PLL

O Enem PPL tem como finalidade principal a Avaliação do Desempenho Escolar e Acadêmico ao fim do Ensino Médio. O exame será constituído de uma redação em língua portuguesa e de quatro provas objetivas, contendo cada uma 45 questões de múltipla escolha.  No primeiro dia de aplicação do exame serão realizadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias. No segundo dia de aplicação serão realizadas as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

Os resultados do Enem 2017 PPL deverão ainda possibilitar utilização dos resultados individuais como mecanismo para continuidade de sua formação e a sua inserção no mercado de trabalho, a criação de referência nacional para o aperfeiçoamento dos currículos do ensino médio e para acesso à educação superior.

Compartilhe esta notícia