Geral 14/11/2017 - 17:49 - Tom Lima - Governo do Tocantins

Secretário visita Procon, em Palmas, e diz que novas instalações darão oxigenada nos atendimentos

Secretário Glauber conversou com servidores, gerentes, diretores e o superintendente  do Procon TO. Secretário Glauber conversou com servidores, gerentes, diretores e o superintendente do Procon TO. - Ademir dos Anjos - Governo do Tocantins
Secretário Glauber, subsecretário Felizardo e superintendente Nelito Cavalcante. Secretário Glauber, subsecretário Felizardo e superintendente Nelito Cavalcante. - Ademir dos Anjos - Governo do Tocantins

No próximo mês de dezembro, a sede da Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor - Procon Tocantins –, em Palmas, estará funcionando em novo endereço, mais bem localizado na região central da cidade, na quadra 103 Norte, Avenida LO-02. Antes disso, porém, nesta segunda-feira, 13, o secretário de Estado da Cidadania e Justiça, Glauber de Oliveira Santos, e o subsecretário Felizardo Ramos dos Santos, visitaram a unidade de defesa dos direitos do consumidor, conversaram com servidores, gerentes, diretores e o superintendente Nelito Cavalcante.

Aos servidores, o secretário Glauber disse que a mudança para a nova sede dará uma oxigenada nos trabalhos. “Sabemos que o Procon é um órgão fundamental para as pessoas e que ele está inserido no dia a dia nas relações de consumo. Sempre que necessitei do órgão, enquanto consumidor, fui bem atendido e de forma rápida”, lembrou.

Ao secretário, o superintende Nelito Cavalcante falou da credibilidade que o Procon tem no estado e o quanto ele é demandado pela comunidade na busca de resolver problemas de várias matizes. “Quando uma pessoa procura o Procon, é por que já tentou de todas as formas resolver seu problema com o fornecedor. Na nossa intermediação de conflitos, conseguimos resolver 75% das casos”, apresentou, lembrando que o órgão esta interligado à Secretaria Nacional do Consumidor.

Ao todo, no Tocantins são 11 núcleos de atendimento localizados nas principais cidades, conhecidas como pólos regionais, e conta com aproximadamente 330 servidores.   

 

 

Compartilhe esta notícia