Geral 10/10/2017 - 16:43 - Ascom Cidadania e Justiça/Governo do Tocantins-

Unidades socioeducativas terão encontros regionais para discutir e planejar o futuro

A primeira reunião regional que vai discutir e planejar com os recém concursados acontece em Gurupi A primeira reunião regional que vai discutir e planejar com os recém concursados acontece em Gurupi - Divulgação Seciju

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), por meio da Diretoria de Proteção da Criança e Adolescente e da Gerência do Sistema Socioeducativo, começa nesta quarta-feira, 11, ao primeiro de quatro encontros regionais para discutir e planejar os próximos cinco anos de trabalho nas unidades socioeducativas e em favor dos adolescentes cumpridores de medidas. O encontro regional em Gurupi será no auditório do campus da Unirg.

As reuniões regionais também acontecerão em Santa Fé do Araguaia, Araguaína e Palmas e terão como base o Plano Estratégico da Seciju. As reuniões regionais e propositivas culminarão no “Encontro do Sistema Socioeducativo do Tocantins – Planejando o Futuro”, nos dias 31 de outubro e 1º de novembro, em Palmas, com a participação do público em geral, como estudantes, servidores que trabalham direta ou indiretamente com o Sistema, bem como todos os demais atores sociais envolvidos com a política socioeducativa.

Também nos encontros regionais serão escolhidos os representantes que participarão do Encontro, os quais representarão suas regionais e levarão para a estadual as suas proposições.  As reuniões abordarão cinco eixos estratégicos, são eles: Educação, Esporte e Lazer; Saúde; Qualificação Profissional; Sistema de Justiça e Segurança; e Gestão, Comunicação e melhorias.

Programação

11/10 - 08h às 18h – Encontro Regional de Gurupi

18/10 – 08h às 18h - Encontro Regional de Santa Fé do Araguaia

19/10 – 08h às 18h - Encontro Regional de Araguaína

23/10 – 08h às 18h - Encontro Regional de Palmas

31/10 – 19h - Encontro Estadual do Sistema Socioeducativo, em Palmas

1º/11 – 08h – Reunião técnica com os servidores do Sistema Sócioeducativo, em Palmas.

 

 

Compartilhe esta notícia